Conheça A Mulher da Guarda, uma bela história feita de realidade e de poesia.

A Mulher da Guarda de Sara Bertrand

O LIVRO
A mulher da guarda de Sara Bertrand, ilustrado por Alejandra Acosta, publicado no Brasil pela Solisluna Editora e o Selo Emília é um livro misterioso, inquietante, único e surpreendente. De uma beleza enigmática, com oito páginas duplas de ilustrações que marcam o início e o final do livro. No meio, cerca de 70 páginas narram uma história feita de realidade e de poesia.

Com 96 páginas, em capa dura, "A mulher da guarda" recebeu em 2017 o importante prêmio New Horizons / Bologna Ragazzi, da Feira Internacional do Livro Infantil de Bolonha na Itália.

Destinado ao público infantojuvenil o livro conta a história de Jacinta uma garota que após a morte de sua mãe, ainda sem entender direito o que aconteceu, fica preocupada como ela irá respirar no caixão, suas tias dizem que o melhor é que ela vá cuidar de seus irmãos. Da sua mãe Jacinta lembra como ela mexia o leite para deixá-lo sem bolinhas; ela ri com seus irmãos quando seu pai chega cedo do trabalho e jantam juntos e ele tira das orelhas balas e guloseimas. Jacinta não tem um anjo da guarda mas uma mulher que viaja em seu cavalo azul e que sempre olha por ela.

O livro de Sara é inspirado na história de Achi Chokyi Drolma e faz parte da tradição popular tibetana. Uma avó amorosa e protetora, ancestral direta do fundador da linhagem Drikung Kagyu e cheia de poderes de cura. É a mulher que percorre distâncias a cavalo, isto é, o mais rápido que pode ser feito entre as montanhas e desfiladeiros do Tibete, anda rapidamente porque não quer deixar de ajudar quem precisa dela, por mais longe que seja.


A AUTORA
Sara Bertrand mora e trabalha em Santiago do Chile. Estudou história e jornalismo na Universidad Católica de Chile, onde ministra o curso “Apreciação estética dos livros juvenis”. Trabalhou em jornais, revistas e no rádio. Ganhou a bolsa de criação literária do Conselho Nacional da Cultura e das Artes com Cuentos inoxidables e da Fundação Nuevo Periodismo Iberoamericano con Los acordes del mandinga. Foi também vencedora do concurso Alimón da colombiana Tragaluz Editores, junto com o escritor Francisco Montaña, com Nuestro gordo. Publicou na França, Colômbia, Equador, Bolívia, México, Venezuela e Espanha. Sua novela juvenil Ejercicio de supervivência foi traduzida ao francês.

A ILUSTRADORA
Alejandra Acosta, mora e trabalha em Santiago do Chile. É designer e ilustradora. Em paralelo a seu trabalho como ilustradora, dá aulas na disciplina “Oficina de ilustração” na Universidad del Desarrollo e na Universidad del Pacífico e é também professora de “Gestão e produção de publicações ilustradas” no curso de especialização da Pontifícia Universidad Católica. Ganhou a Medalha Colibrí do IBBY Chile na categoria Ilustração.

Ilustração de Alejandra Acosta para o livro A Mulher da Guarda


A EDIÇÃO
Publicado originalmente pela colombiana Babel Libros, no Brasil a Solisluna Editora e o Selo Emília assinam a edição da obra.

A Solisluna Design Editora que comemora 25 anos de atividades, desenvolve projetos e ações que sensibilizam e levam à reflexão sobre diferentes realidades e modos de ver esse mesmo mundo. Somos comprometidos com o coletivo e com as questões mais importantes da nossa sociedade, cultura, inteligência e sensibilidades.

O Selo Emília é o braço editorial do Instituto Emília, entidade referência nas discussões em torno do livro, da leitura e da formação de leitores em toda a América Latina, que é responsável pela www.revistaemilia.com.br e um dos coordenadores do www.laboratorioemilia.com, rede iberoamericana de formação.

 

Voltar

Deixe um comentário

Os comentários precisam ser aprovados antes da publicação.

  • Lilia Gramacho

    Um papo com Lilia Gramacho

    Lilia Gramacho é jornalista, publicitária, psicóloga e escritora. As diversas profissões têm um ponto em comum e revelam algo sobre ela: o gosto por ouvir e narrar histórias. “O jornalismo...

    Um papo com Lilia Gramacho

    Lilia Gramacho é jornalista, publicitária, psicóloga e escritora. As diversas profissões têm um ponto em comum e revelam algo sobre ela: o gosto por ouvir e narrar histórias. “O jornalismo...

  • Exposição Encontro do Sol com a Lua - Solisluna 30 anos

    2023: um ano Solislúnico

    Fim de ano. Tempo de fazer um balanço do que vivemos nos últimos 12 meses. E já inicio o texto afirmando que a palavra que resume nosso 2023 é: GRATIDÃO!...

    2023: um ano Solislúnico

    Fim de ano. Tempo de fazer um balanço do que vivemos nos últimos 12 meses. E já inicio o texto afirmando que a palavra que resume nosso 2023 é: GRATIDÃO!...

  • Tanila Amorim - autora de De onde veio meu irmão? Foto de Maína Diniz

    Um papo com Tanila Amorim

    A BELEZA DO NASCIMENTO PELOS OLHOS DE UMA CRIANÇA  Enfermeira obstetra e parteira urbana, Tanila Amorim é mãe de Gabriel, 14 anos, e Kadu, 8. O primeiro viu o irmão...

    Um papo com Tanila Amorim

    A BELEZA DO NASCIMENTO PELOS OLHOS DE UMA CRIANÇA  Enfermeira obstetra e parteira urbana, Tanila Amorim é mãe de Gabriel, 14 anos, e Kadu, 8. O primeiro viu o irmão...

  • Exposição Encontro do Sol com a Lua no Farol da Barra - Solisluna 30 anos

    Exposição Encontro do Sol com a Lua no Farol da Barra em Salvador, Bahia.

    Mostra realizada pela Solisluna, em cartaz na sala de exposições temporárias, no Museu Náutico da Bahia Como parte das comemorações dos 30 anos, a Solisluna Editora realiza a  Exposição Encontro...

    Exposição Encontro do Sol com a Lua no Farol da Barra em Salvador, Bahia.

    Mostra realizada pela Solisluna, em cartaz na sala de exposições temporárias, no Museu Náutico da Bahia Como parte das comemorações dos 30 anos, a Solisluna Editora realiza a  Exposição Encontro...

1 de 4